ME PERGUNTE

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Alegria


Alegria
Como um raio de vida
Alegria
Como um louco a gritar
Alegria
De um delituoso grito
Duma triste pena, serena
Como uma fúria de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade

Alegria
Eu vi uma faísca da vida brilhando
Alegria
Eu ouço um jovem menestrel cantando
Alegria
O grito bonito
Um rugir de sofrimento e de felicidade
Tão extremo
Um amor furioso em mim
Alegria
Um feliz e mágico sentimentos

Alegria
Como um raio de vida
Alegria
Como um louco a gritar
Alegria

De um delituoso grito
Duma triste pena, serena
Como uma fúria de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade
De um delituoso grito

Duma triste pena, serena
Como uma fúria de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade

Alegria
Como a luz da vida
Alegria
Como um palhaço que grita
Alegria
De um estupendo grito
De uma tristeza louca
serena
Como a raiva de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade

De um estupendo grito
De uma tristeza louca
serena
Como a raiva de amar
Alegria
Como um assalto de felicidade

Um amor furioso em mim
Alegria
Um feliz e mágico sentimentos



Nenhum comentário:

Postar um comentário